Estudos Organizacionais

Coordenadora: Profa. Dra. Darcy Mitiko Mori Hanashiro

Universidade Presbiteriana Mackenzie

Coordenador Adjunto Prof. Dr. Diógenes de Souza Bido

Universidade Presbiteriana Mackenzie

Temas e Líderes:

1. Abordagens e Teorias organizacionais Contemporâneas

Esperam-se estudos teórico-empíricos e ensaios teóricos que tratam de fenômenos organizacionais da atualidade, compreendidos sob a lente das diversas teorias organizacionais contemporâneas, como institucionalismo organizacional, dependências de recursos, teoria das trocas sociais, ecologia organizacional, teoria configuracional, teorias neomarxistas, teoria dos custos de transação, teoria da agência, entre outras. São bem-vindas propostas que analisem qualquer nível de análise, sob qualquer perspectiva ontológica e epistemológica, bem como usando qualquer abordagem qualitativa, quantitativa, mista ou relacional, desde que se atenham a teorias organizacionais como esquema analítico.

Prof. Dr. Luciano Rossoni – UniGranRio

2. Abordagens Relacionais às Organizações

Abarca estudos intra- e inter-organizacionais. Internamente à firma, interessa explorar relacionamentos formais e informais, hierarquias informais. Efeitos da inserção na rede para o desempenho, inovação e aprendizagem organizacional. Entre firmas, enfatizamos o caráter ‘relacional da firma’, sua inserção social, a porosidade aliada ao relacionamento informal entre indivíduos fronteiriços. Governança em rede. Fenômenos novos: empresa virtual, firma efêmera (exemplo: firmas baseadas em projeto), movimentos sociais articulados através de rede. Impacto das mídias sociais externas e internas às firmas. Gostaríamos de receber textos empíricos (quantitativos e qualitativos), assim como textos teóricos.

Prof. Dr. Charles Kirschbaum – INSPER

3. Aprendizagem nas Organizações

Estimulam-se artigos teóricos e teóricos-empíricos com abordagem voltada aos diferentes níveis de análise: aprendizagem individual, em grupo, organizacional, interorganizacional e os relacionamentos interníveis. Pelo caráter interdisciplinar do fenômeno estudado serão bem recebidas pesquisas de diferentes orientações teóricas (psicologia, sociologia, da ciência das organizações, dentre outras) e diferentes orientações metodológicas. A seguir são apresentados alguns exemplos de conceitos tratados neste tema: aprendizagem organizacional; organizações de aprendizagem; aprendizagem formal e informal; aprendizagem transformadora e reflexão crítica de pressupostos; comunidades de prática; aprendizagem social e experiencial; aprendizagem pela prática; aprendizagem baseada no trabalho; práticas voltadas para a aprendizagem e gestão do conhecimento; mensuração da aprendizagem e relação com seus antecedentes e consequentes.

Prof. Dr. Diógenes de Souza Bido – Mackenzie

4. Comportamento Organizacional

Estimulam-se artigos teóricos ou teóricos-empíricos inovadores, com diferentes perspectivas epistemológicas, ontológicas, teórica e metodológicas nos seguintes temas: Diferenças individuais. Atitudes e satisfação no trabalho. Comprometimento organizacional. Ética e responsabilidade social. Emoções e sentimentos. Personalidade e valores. Percepção, atribuição, tomada de decisão. Motivação. Estética nas (das) organizações. Estresse e QVT. Liderança nas organizações. Conflito e negociação. Organização virtual, equipes virtuais, equipes multiculturais. Estrutura organizacional. Mudança organizacional. A abordagem das práticas e o estudo do cotidiano nas organizações.

Profa. Dra. Ana Silvia Rocha Ipiranga – UECE

5. Genero, Diversidade e Inclusão nas Organizações

Estimulam-se artigos teóricos ou teórico-empíricos inovadores, com diferentes perspectivas epistemológicas, teóricas e metodológicas aderentes aos estudos organizacionais relacionadas às seguintes temáticas: barreiras estruturais e institucionais para a igualdade de oportunidades de diferentes grupos sociais, relações de gênero e de sexo, heteronormatividade e LGBTfobia, feminilidades e masculinidades, identidades de gênero, estudos sobre lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transgêneros, transexuais, intersexuais, queer e assexuais nas organizações, sexualidades e poder, relações de raça, cor e etnia nas organizações, identidades raciais, violência racial, raça, cor e etnia e poder nas organizações, pessoas com deficiência e organizações, inclusão, exclusão e violência contra pessoas com deficiência, questões relativas à idade (diferenças geracionais, envelhecimento e etarismo no ambiente organizacional), à origem geográfica, à classe social, à aparência física e à ocupação profissional associadas a diferenças, desigualdades, ao preconceito e à discriminação. São ainda bem-vindos trabalhos que problematizem a inclusão e exclusão de grupos minoritários no ambiente de trabalho, a articulação em torno da inclusão de minorias por meio de movimentos sociais e políticos, as cotas e as ações afirmativas, a inclusão no ambiente universitário, a gestão da diversidade, além de interseções entre os temas apontados.

Prof. Dr. Luiz Alex Silva Saraiva – UFMG

6. Simbolismos, Culturas e Identidades Organizacionais

Estimulam-se diferentes perspectivas teóricas, metodológicas e epistemológicas em Simbolismos, culturas e identidades organizacionais. Para isso, busca-se a organização como locus das diferenças culturais (crossculture) e da formação de significados nas interações sociais. O papel da cultura Brasileira nos vários contextos organizacionais e sociais. Culturas nacionais, locais e organizacionais. O simbolismo social das organizações. As identidades formadas socialmente. Sujeito e identidade. Cultura e identidade. A simbologia da identidade. Identidade Organizacional.

Profa. Dra. Josiane Silva de Oliveira – UFG

PLANTÃO SEMEAD

A equipe do SemeAd estará disponível para atendimento/dúvidas e problemas na submissão durante todo o dia 17/07. Atendimento telefônico das 09h às 22horas (11)3818-4093 e 3818-4008. Pelo e-mail: contato@semead.com.br; e pelo Facebook: https://www.facebook.com/semeadusp/

* Para evitar problemas técnicos e sobrecarga do sistema, as submissões poderão ser incluídas até as 04:00 a.m do dia 18/07, não havendo possibilidade de prorrogação do prazo de submissão.