Operações

Coordenador: Prof. Dr. Alvair Silveira Torres Junior

FEA-USP

Ouça a descrição da área:

Temas e Líderes:

O momento atual é caracterizado por uma intensa transformação digital e nas tecnologias de operações. Klaus Schwab chama esse processo de a 4a revolução industrial. Estamos assistindo a imenso e rápido progresso em tecnologias de propósito geral, a exemplo de Inteligência Artificial – IA - e Internet das Coisas – IoT, assim como em tecnologias habilitadoras, como manufatura aditiva, veículos autônomos, drones, robótica, blockchain, agentes cognitivos, plataformas digitais, visão computacional, processamento de linguagem natural, novas tecnologias de sensores e atuadores, nanotecnologia, biotecnologia etc. Além disso, a combinação entre essas tecnologias acrescenta uma camada adicional de inovação tecnológica aplicada aos mais diversos setores da atividade econômica. Essa aplicação ampla pode ser entendida como a Tecnologia de Operações 4.0. Mudança tão profunda tende a trazer mudanças igualmente profundas na sociedade e nos mercados, afetando as estratégias, produtos e serviços, modelos de negócios, organização, tomada de decisões, processos, recursos humanos e capacidades das empresas.
Tanta inovação, tão veloz, cria oportunidades e riscos. Essas tecnologias têm o potencial de revolucionar os compromissos estratégicos tradicionais na gestão de operações, tais como entre escala e escopo ou entre flexibilidade e custos, e colocam novos desafios à gestão de operações. As operações viverão desde pequenos ajustes até transformações radicais.
Neste tema buscamos explorar os impactos dessa 4ª Revolução Industrial
• Estratégia e organização das operações,
• Modelo de negócios das empresas,
• Gestão da cadeia de suprimentos, e
• Gestão do desenvolvimento de produtos e serviços

Líder: Prof. Dr. Paulo Tromboni Souza Nascimento (FEA-USP)

Colider Internacional Profa. Dra. Vida Davidavičienė (Vilnius Gediminas Technical University)

O tema Excelência em Operações visa discutir a melhoria de desempenho e produtividade em operações industriais e de serviços, via o uso racional de recursos e inovação tanto de processos operacionais, quanto em sua gestão. Um das questões fundamentais a ser enfrentadas para viabilizar o desenvolvimento sustentável da economia e da sociedade no Brasil é a produtividade. Como aumentar o rendimento e o valor agregado de nossas operações industriais e de serviços, aumentando a competitividade do país no atual desafiador cenário econômico global?

• Gestão de Qualidade e Produtividade
• Lean Production / Lean Management/ JIT / Lean Six Sigma
• Análise e Reengenharia de Processos
• Qualidade Total
• Teoria das Restrições

Líder: Prof. Dr. Marcio Cardoso Machado (UNIP)

Colider Internacional: Profa. Dra Lizeth Ximena Cañón Bautista, (Universidade De America da Colômbia)

Colider Internacional: Profa. Dra. Ximena Lucia Pedraza Najár (Universidad Militar Nueva Granada - Colômbia)

Ouça a descrição do tema:

Economia Circular trata da criação e operacionalização sistêmica de novos negócios, tecnologias, produtos e serviços que tenham como propósito manter em uso produtos e materiais por mais tempo, regenerando sistemas naturais e eliminando os resíduos e poluição provenientes do consumo.
• Economia Circular.
• Modelos de negócios circulares.
• Sistemas de transição para a circularidade de recursos.
• Sistemas regenerativos.
• Indústria 4.0 como aporte para a retenção de valor dos recursos e circularidade de materiais.
• Aspectos ambientais e sociais dos sistemas regenerativos.
• Cidades circulares.
• Cadeias produtivas circulares.
• Produtos e serviços circulares.
• Ecossistemas industriais circulares.
• O papel do governo e das políticas públicas para a disseminação da economia circular.
• O papel dos líderes sustentáveis para o sucesso da economia circular.
• Inovação, blockchain inteligência artificial, rastreabilidade, fábricas inteligentes, conectividade, integração e parcerias como elementos propulsores para a economia circular.

Líder: Profa. Dra. Simone Sehnem (UNOESC/(Unisul)

Líder Adjunto: Profa. Dra. Susana Carla Farias Pereira (FGV EAESP)

Colider Internacional: Prof. Dr. Jimmy Lugo Guerrero (Universidad Externado de Colombia)

Embora a maior parte dos empregos gerados em nossa sociedade seja no trabalho da produção de serviços, ainda persiste a prática de se considerar a Administração de Serviços como um caso particular da Administração como um todo. Além disso, embora tenha fundamento a idéia de que os princípios e técnicas de planejamento e controle das operações em serviço devam ser derivações dos princípios e técnicas usadas na manufatura de bens, relativamente pouco esforço tem sido feito - em nível e prático e teórico - no sentido de demonstrar estas derivações.

• Estratégias de Operações em Serviços
• Servitização de Produtos
• Redes em Serviços
• Qualidade em Serviços
• Planejamento e Controle em Serviços
• Avaliação e Desempenho da Operação em Serviços

Líder: Profa. Dra. Ana Lucia Figueiredo Facin (UNESP)

A Gestão de Operações Sustentáveis tem por objetivo discutir como as operações podem ser geridas de maneira que a sustentabilidade (ambiental, social e econômica) faça parte de sua estratégia e como (e se) esta questão pode ser uma fonte de vantagem competitiva. Visa estender o entendimento do sistema de produção e do ciclo de vida dos produtos/serviços, de modo a incluir as variáveis de perdas, resíduos e outros impactos ambientais e sociais em sua análise.

• Impactos de Sustentabilidade na Gestão de Operações
• Gestão de cadeia de suprimentos sustentáveis/verdes
• Cadeias de suprimentos fechadas (Closed loop supply chains)
• Análise do ciclo de vida do produto
• Logística Reversa e Gestão de resíduos
• Desenvolvimento de Produtos e Processos Sustentáveis
• Licenciamento Ambiental e Gestão de Projetos
• Saúde, Segurança e Meio Ambiente nas operações
• Tecnologias de Produção Limpas e Ecoeficiência

Líder: Profa. Dra. Gabriela Scur Almudir (FEI)

Colider Internacional: Prof. Dr. Jimmy Lugo Guerrero (Universidad Externado de Colombia)

A gestão do fluxo de valor agregado pelas organizações exige contemplar toda a cadeia de suprimentos de forma a identificar e construir diferenciais competitivos que integrem as exigências de seus clientes finais. Esta integração inclui desde a logística de suprimento ao fluxo informacional ou do fluxo de investimentos às alternativas organizacionais de governança das organizações envolvidas. É neste sentido que se torna importante tanto o papel da logísitica quanto o da gestão de cadeia de suprimentos.

• Logística Empresarial, Regional, Nacional e Internacional;
• Localização de Operações
• Logística - Modais e sistemas de transportes: portos, aeroportos, aeroportos/portos industriais, incoterms e organismos reguladores
• Logística – Distribuição, roteirização e otimização
• Movimentação e armazenagem, centros de distribuição, sistemas cross-docking e equipamentos.
• Logística Reversa
• Planejamento e Gestão da Cadeia de Suprimentos;
• Arranjos Produtivos Locais;
• Negociações, Compras e Contratações; etc
• Dinâmica de Sistemas – Modelagem e Simulação de Sistemas Produtivos.

Líder: Prof. Dr. Jorge Luiz Biazzi (FEA-USP)

Colider Internacional: Profa. Dra Lizeth Ximena Cañón Bautista, (Universidade De America da Colômbia)

Colider Internacional: Profa. Dra. Ximena Lucia Pedraza Najár (Universidad Militar Nueva Granada - Colômbia)